Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

1. Feliz de ter feito o copidesque desta edição caprichada da Antofágica, livraço, diga-se. Que voz, meus amigos.




    2. Escrevi o conto Autoritarismo para a coletânea Contos brutos, da Reformatório, quando as minhas filhas ainda não tinham três meses e o país descia esgoto abaixo. Lavou minha alma. Feliz de estar ao lado desses feras num momento tão trevoso.





















Últimas postagens

Oi, Z.,

Os tais caquinhos

Spoiler do meu primeiro romance

A turma do colchão na sala